Notícias IBEC

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Arafat não deixa mostrar o que é bom em Israel

Arafat não deixa mostrar o que é bom em Israel"
Bem-sucedida cooperação israelense-  
palestina na Faixa de Gaza.   
Casos de boa convivência entre israelenses e palestinos são parte de uma realidade que, infelizmente, quase não recebe destaque nos meios de comunicação.
Recentemente fiquei sabendo do trabalho de Jael Agmon, que vive há 34 anos com sua família no assentamento Kerem Shalom junto à fronteira egípcia (próximo à Faixa de Gaza). Há cerca de 5 anos ela fundou, com diversas parceiras palestinas, o "Centro Israelense-Palestino de Educação e Tecnologia". "Sinto-me mais ligada às pessoas em Gaza, Khan Yunis e Rafah do que aos habitantes de Tel Aviv. Os palestinos do outro lado da fronteira e os beduínos do Neguev são meus vizinhos. Por isso, precisamos encontrar um caminho para nos ajudarmos mutuamente", diz Jael. "Apoiamos financeiramente e prestamos assistência pedagógica a 25 professoras palestinas de jardins de infância em Khan Yunis. Há alguns anos, as palestinas nos pediram ajuda na instalação de jardins de infância na Faixa de Gaza, pois a Autoridade Palestina (AP) não os mantém, já que o sistema educacional oficial começa apenas com o primeiro ano escolar."
Além disso, Jael e suas colaboradoras fizeram palestras sobre a democracia e o conflito entre israelenses e palestinos para professoras de campos de refugiados na Faixa de Gaza. Jael contou a respeito do bom relacionamento que ela tinha com suas colegas palestinas, até que estourou a "intifada" (rebelião). "Desde então, não estive mais em Khan Yunis. Conversamos apenas por telefone", continuou Jael, que sente profundamente o sofrimento das famílias palestinas. "Atualmente arrecadamos roupas e dinheiro para nossos vizinhos palestinos, que são buscados por eles na passagem da fronteira da Faixa de Gaza em Karni".
Jael mostra como os israelenses e palestinos poderiam conviver bem, mas lembra que a AP proíbe que seus cidadãos tenham qualquer contato com israelenses. "Numa entrevista radiofônica, falei abertamente sobre nossa cooperação com as palestinas na Faixa de Gaza. No mesmo dia, uma de nossas colegas em Khan Yunis foi presa e interrogada durante 12 horas". Ela diz que foi um erro ter falado a respeito no rádio. "Minha intenção foi angariar roupas para as crianças palestinas. Mas, o que aconteceu? Uma das minhas amigas palestinas foi presa!" Por isso, ela me pediu que este relato fosse publicado exclusivamente fora de Israel, para evitar que suas colegas palestinas sofram mais represálias. Estas lhe dizem sempre que Arafat oculta diante dos olhos do seu povo tudo o que é bom em Israel. (Aviel Schneider

Videos

Jovens Eleitos

Minha foto


sou Bispo da igreja batista ebenezer!!!!!  em universidade:

Teologia casado com Rosangela Monteiro treis filhos 

lindos  estor na  obra Missionaria


Recent Post